PLANTIO

PLANTIO
PLANTIO
(Genaura Tormin)

Deus,
Senhor dos mares e montes,
Das flores e fontes.
Senhor da vida!
Senhor dos meus versos,
Do meu canto.

A Ti agradeço
A força para a jornada,
A emoção da semeadura,
A alegria da colheita.

Ao celeiro,
Recolho os frutos.
Renovo a fé no trabalho justo,
Na divisão do pão,
. E do amor fraterno.

terça-feira, 8 de março de 2011

SOBRE PÁSSARO SEM ASAS



SOBRE PÁSSARO SEM ASAS
(Comentário de MARIA PARAGUASSU
Porto Alegre-RS)

Olá amada amiga,

Hoje terminei de ler o teu livro. Isto porque eu te falei, dias atrás,que eu e meu marido, cada um lia um pouco.

Vou te confessar uma coisa: jamais li, em toda minha vida, algo tão belo e tão emocionante. Gostaria que todos, inclusive e principalmente cadeirantes, tivessem a oportunidade que nós tivemos: ter em nossas mãos, uma obra de tamanha beleza e que toca fundo em nosso coração, pela grande alma que és. Minha heroína, cujo caráter e espírito de luta enobreceria a todos aqueles que poderiam ser como tu és. No entanto, o que se vê, são pessoas esmolando a vida, inteiras e com saúde.

Teu livro, magnífica história de vida e coragem, dá-nos uma verdadeira lição de como enfrentar os reveses da vida. E que família! Linda, maravilhosa! Vocês foram abençoados por Deus, que soube uní-los nesta batalha e nesta vida, quiçá também em outras tantas mais, para que pudessem dar o testemunho de que o valor de uma pessoa não está em sua aparência física, mas sim em seu interior, onde viça a fé, o amor e a grande vontade de vencer todas as etapas pelas quais tu passaste.

Cada vez te admiro mais, Genaura. Tu és a estampa de uma pessoa de valor e de muito, muito amor a Deus.
Que a cada momento de dor, soubestes agradecer ao Pai pelo que recebestes.
E como Deus é bom!
És feliz assim como estás, numa grande prova de que o amor tudo vence. Escrevo estas palavras com lágrimas nos olhos, pois adorei, amei este livro! De tanto falar em ti e em tua obra, já há uma fila de pessoas que querem lê-lo. Também gostei imensamente da parte que fala sobre a auto-hemoterapia. Fiquei encantada com tudo o que li a respeito. Deus queira que possamos ainda usar esta "medicação" para curar tantas doenças que aparecem por aí.

Querida amiga, não sei como agradecer-te pela oportunidade de crescimento que tivemos ao ler Pássaro Sem Asas. Tu não as precisa, pois na realidade, teu coração as têm.

Que Deus te abençoe e a todos de tua família.

Um grande beijo.
Maria Paraguassu.
_______________________________
Obrigada, querida!

Fico muito contente por sua avaliação, por seu carinho, externado de maneira tão linda que, diante da grandeza, faz-me chorar. Sou uma manteiga derretida. O coração estampa-se sempre nas faces e fala pelas lágrimas.

Penso que Pássaro Sem Asas já não é meu. Significa uma missão, uma vez que leva uma mensagem capaz de construir, criar mentalidade, indicar novos caminhos, simplesmente por desnudar minha intimidade, diante de uma abrupta paraplegia, que me meou o corpo, cerceando meus passos.

De brinde, uma cadeira de rodas para escalar morros e montes, escarpas e dificuldades. E, principalmente, escalar a mim mesma, à procura de nova maneira de viver. E encontrei!

Bendita paraplegia, que me ensinou tanto, fazendo-me guerreira de minha própria batalha.

Obrigada, de novo!

Beijo grandão da
Genaura Tormin

2 comentários:

  1. Oi Genaura!! Boa noite!!! Conheci vc atráves do blog da Paraguassu e estou encantada!!! Vc realmente é alguém admirável!! Como faço pra adquirir o seu Livro? Ah, já estou te seguindo!!! Quando puder, visita o meu blog. É simples e feito de coração. http://oamoreosoldavida.blogspot.com
    Um grande abraço!!! Muitas bençãos pra vc e sua família!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Genaura li um depoimento seu sobre auto-hemoterapia, e fiquei sabendo a respeito de seu livro passaro sem asa. Estou ansioso para dquiri-lo e desfrutar as palavras verdadeira de uma guerreira.
    Abraço
    julio pantaleao

    ResponderExcluir

O seu comentário significa carinho e aprovação. Fico cativada e agradeço. Volte sempre! Genaura Tormin

LEVE, LIVRE & SOLTA!


Sejam bem vindos!
Vocês alegram a minh'alma e meu coração.

Era uma luz no fim do túnel e eu não podia perder.
Era a oportunidade que me batia à porta.
Seria uma Delegada de Polícia, mesmo paraplégica!
Registrei a idéia e parti para o confronto.
Talvez o mais ousado de toda a minha vida.
Era tudo ou NADA!
(Genaura Tormin)


"Sou como a Rocha nua e crua, onde o navio bate e recua na amplidão do espaço a ermo.
Posso cair. Caio!
Mas caio de pé por cima dos meus escombros".
Embora não haja a força motora para manter-me fisicamente ereta, alicerço-me nas asas da CORAGEM, do OTIMISMO e da FÉ.

(Genaura Tormin)