PLANTIO

PLANTIO
PLANTIO
(Genaura Tormin)

Deus,
Senhor dos mares e montes,
Das flores e fontes.
Senhor da vida!
Senhor dos meus versos,
Do meu canto.

A Ti agradeço
A força para a jornada,
A emoção da semeadura,
A alegria da colheita.

Ao celeiro,
Recolho os frutos.
Renovo a fé no trabalho justo,
Na divisão do pão,
. E do amor fraterno.

sábado, 21 de dezembro de 2013

FELIZ ANO DE 2014!




FELIZ ANO DE 2014!
(Genaura Tormin)


Mais um ano se finda na história de nossas vidas! 
Muitos acertos, muitos encontros, desencontros, lágrimas e sorrisos. Muitas experiências, conquistas, sucessos, amores que vieram e se foram. Saudades guardadas no canto da alma. Muito aprendizado com as dificuldades que, compulsoriamente, tivemos que enfrentar! 


Quanto crescimento para o porvir! Se choramos, não importa! As lágrimas nos conduziram na busca de melhores caminhos. O sofrimento é sempre o mestre, o condutor, o gestor de novos e profícuos passos. Resta-nos sempre AGRADECER.

A vida é mesmo um emaranhado de emoções que nos deixam legados de dor e de alegria, tão indispensáveis a nossa evolução enquanto caminheiros desta estrada, além de melhorar a bagagem que aqui estamos a coletar.

É hora de reflexão! Que os acertos sejam intensificados nesse Ano que se avizinha! Que possamos servir mais, amar mais, compartilhando o aconchego, o afeto, a poesia, na construção de um mundo melhor.

Que o amor seja a palavra de ordem para amainar a dor, a fome, a violência, a droga que assola as mentes incautas dos nossos jovens! É para eles, que gerirão o amanhã de nosso País, que especialmente peço neste Natal.

Que o destino da nação siga altaneiro rumo ao bem, alicerçado pelo respeito e pela dignidade na busca pela paz. E como estamos precisando de PAZ! É preciso inovar sempre! Respeitar e respeitar-se. É preciso construir alguma torre de bondade e deixar que o amor fale por nós. O resto será consequência. 

Agradeço a amizade e o carinho de cada leitor que, no decorrer deste ano, aqui me brindou com a presença, valorizando a simplicidade dos meus textos, incentivando-me na criação de outros mais.

Agradeço, igualmente, pelos comentários deixados. São essas menções de carinho que me renovam a fé, a força e a vontade de viver. Vocês serão sempre o maior motivo que me leva a carpir versos, a galopar no eito da poesia, que me dá tanta alegria. 

Desejo que o ano de 2014 – ano da Copa do Mundo em terras brasilianas, seja de muito entendimento, de muita esperança, de muitas conquistas!

Oxalá, o nosso Brasil erga, novamente, a taça de campeão! Sagre-se o melhor do mundo! O que significará muitos avanços, muitos benefícios, muito progresso para a nossa gente. 

O mundo inteiro estará voltado para essa bandeira verde/amarela, pátria do mundo e coração evangelho! 

Que a poesia se faça presente para acalentar algum momento desbotado que a vida nos oferece. E, principalmente, que cada um de nós, use o seu coração, a sua voz, o seu espaço, o seu versejar, no exercício da função social, na incansável tentativa de melhorar o porvir.

FELIZ NATAL!!!!!
E que venha 2014 com muita luz!


Beijo grande da
Genaura Tormin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário significa carinho e aprovação. Fico cativada e agradeço. Volte sempre! Genaura Tormin

LEVE, LIVRE & SOLTA!


Sejam bem vindos!
Vocês alegram a minh'alma e meu coração.

Era uma luz no fim do túnel e eu não podia perder.
Era a oportunidade que me batia à porta.
Seria uma Delegada de Polícia, mesmo paraplégica!
Registrei a idéia e parti para o confronto.
Talvez o mais ousado de toda a minha vida.
Era tudo ou NADA!
(Genaura Tormin)


"Sou como a Rocha nua e crua, onde o navio bate e recua na amplidão do espaço a ermo.
Posso cair. Caio!
Mas caio de pé por cima dos meus escombros".
Embora não haja a força motora para manter-me fisicamente ereta, alicerço-me nas asas da CORAGEM, do OTIMISMO e da FÉ.

(Genaura Tormin)