PLANTIO

PLANTIO
PLANTIO
(Genaura Tormin)

Deus,
Senhor dos mares e montes,
Das flores e fontes.
Senhor da vida!
Senhor dos meus versos,
Do meu canto.

A Ti agradeço
A força para a jornada,
A emoção da semeadura,
A alegria da colheita.

Ao celeiro,
Recolho os frutos.
Renovo a fé no trabalho justo,
Na divisão do pão,
. E do amor fraterno.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

UM PASSEIO INESQUECÍVEL



UM PASSEIO INESQUECÍVEL
(Genaura Tormin)

Uma excursão de ônibus para testar limites.
Doida para conhecer o "novo", conferir possibilidades.
É um grande desafio que espero ao final, sentir que, mais uma vez, 
enfrentei e VENCI! 

Minha caminhada tem sido um arsenal de rebordosas
que se quedam sob a coragem que me alicerça.
Agradeço pelas oportunidades que me forjam assim.
O Senhor é o meu Pastor e não me faltará. 
Acredito nisso!

Estamos seguindo...
O ônibus muito confortável, justificando a façanha para mim.
Tudo bem legal.

Suporte para elevação das pernas, muito espaço, sistema de som, 
geladeira, banheiro, sala de jogos, internet, ar condicionado, filmes e boa companhia. 
E o melhor: não viaja à noite.
A equipe e o serviço de bordo são excelentes!!
Hasta luego!

Vou dando notícias. 
E lá vamos nós!
O marido segue junto, e o enfermeiro para auxílios necessários em lugares que nos possam surpreender.
Permiti-me a todos os eventos com a turma, sem medo de ser feliz.
Assistimos à chegada do Ano Novo, à beira-mar, ao brilho e ao som dos fogos, brindados com champanhe e abraços.

Espaço plenamente adaptado. Tudo perfeito para nós.
Atravessamos a fronteira para um dedinho de prosa com los hermanos.
Senti-me inteira.
Fomos até as Cataratas do Iguaçu, onde tudo me foi possível. 
Acesso até o fim do mundo!

Comemorei de braços abertos, diante da natureza debulhada em sons e beleza, 
sob um céu de anil e a grandeza do Criador!
Senti-me dona do mundo!

Conhecemos muitos lugares, hotéis, restaurantes, vinícolas, onde eu ia conferindo o respeito às leis da Inclusão.
Estivemos em São Francisco do Sul - Santa Catarina, cujos casarios remontam à sua história indígena. É a terceira cidade mais antiga do País. 

Lá, passamos um dia no Barco Príncipe,
com almoço e grande animação, incluindo uma foto com o Comandante.
Muitas outras cidades encantaram os nossos olhos, com sua beleza e progresso. Especialmente Presidente Prudente, em cujo hotel, conheci a mais perfeita adaptação para bem acolher uma pessoa com deficiência, que deambula de cadeira de rodas, além de excelente café da manhã, limpeza e bom trato. 
Finalmente, a hora de voltar.

Realmente, Aristóteles Onassis tinha razão quando disse: "O homem só fracassa quando desiste de tentar. Todos os dias me levanto para vencer!"
Pois é, acabo de imitá-lo! Venci!
Resta-me um gosto incrível de conquista e uma sensação de prazer e poderio.
Tenho asas e galgo todos os espaços.

Para concluir o passeio, em alto estilo, comemoramos com um lauto e fraterno jantar, numa bela churrascaria, com um show ao vivo e muitos sorrisos...
Fomos felizes, alargando-se o elo de amizade que trouxemos na bagagem.

Pessoas lindas, sensíveis, que bordaram os nossos corações de afeto.
Finalmente ouso dizer, plagiando o o poeta Fernando Pessoa:
"Tudo vale a pena se a alma não é pequena."

E essa viagem foi a confirmação de que nada é impossível para uma mente altruísta e determinada.

LEVE, LIVRE & SOLTA!


Sejam bem vindos!
Vocês alegram a minh'alma e meu coração.

Era uma luz no fim do túnel e eu não podia perder.
Era a oportunidade que me batia à porta.
Seria uma Delegada de Polícia, mesmo paraplégica!
Registrei a idéia e parti para o confronto.
Talvez o mais ousado de toda a minha vida.
Era tudo ou NADA!
(Genaura Tormin)


"Sou como a Rocha nua e crua, onde o navio bate e recua na amplidão do espaço a ermo.
Posso cair. Caio!
Mas caio de pé por cima dos meus escombros".
Embora não haja a força motora para manter-me fisicamente ereta, alicerço-me nas asas da CORAGEM, do OTIMISMO e da FÉ.

(Genaura Tormin)